Arquivo

Arquivo da Categoria ‘Uncategorized’

Anete Guimarães – Mudança Interior, O Que Impede De Você Alcançar Aquilo Que Você Quer ?

4, julho, 2016 Sem comentários

Alamar Régis e o Padre Médium – Pe. Miguel Martins

7, junho, 2015 Sem comentários

Vejam este vídeo. O que vocês acham? Deixem seus comentários.

RAINHA EUDÓXIA E A REENCARNAÇÃO NA BÍBLIA

FALSO CONCEITO DE ESPIRITISMO

17, novembro, 2013 6 comentários

falso1 Chamo falso conceito de Espiritismo à errônea interpretação ou compreensão equivocada que muitas pessoas têm de sua filosofia no que se refere a seu aspecto moral e sociológico.
E é sobre este ponto que desejo fazer refletir as pessoas estudiosas que, animadas de um nobre propósito de redenção humana, desejam que nossa ideologia abra caminho através de tantas misérias e preconceitos morais e seja apreciada em seu verdadeiro valor filosófico, incitando que a reta interpretação de sua doutrina moral e sociológica tenha para a humanidade e para seus ideais superiores mais importância que a compreensão científica de seus fenômenos que, por ser de mais difícil alcance, só é acessível e de maior interesse a um número – por desgraça bastante reduzido – de estudiosos.
Muitas pessoas, ainda que conhecendo relativamente o Espiritismo e apesar, em alguns casos, de sua erudição, dão-lhe um significado moral e sociológico completamente falso e que não pode se chocar com o verdadeiro conceito filosófico que emana de seus feitos e de seus postulados e com as aspirações ideológicas para elevar o nível moral e social dos indivíduos e dos povos, impulsionando-os para uma era de paz, amor e justiça.
Logicamente, mais que qualquer outra tendência ideológica, cabe ao Espiritismo – dado seu conhecimento científico e espiritual do homem – trabalhar pelo advento de uma sociedade melhor, desvencilhando os homens de suas paixões baixas, de seus preconceitos e interesses mesquinhos, por serem estes os que dão origem aos mais nocivos dos materialismos e servir de apoio a um sem fim de iniquidades, de crimes e de vícios que geram e se desenvolvem no seio da sociedade, mas que são suscetíveis de desaparecer, ou pelo menos diminuir, instruindo racionalmente, sem sofismas nem acomodações, nossa moral e a sociologia que dela emana.
Infelizmente, os detratores de nossa filosofia e os simplistas, sem lógica nem discernimento, que vegetam à sua sombra, creem, ou se empenham em fazer crer, que o Espiritismo é uma doutrina de conveniência, de acomodação ao meio social e econômico, de conformismo com todas as indecisões e circunstâncias da vida, de sujeição aos convencionalismos sociais e ao dia-a-dia, de contemplação ante os sofrimentos humanos, as misérias e dores impostas pelo regime em que vivemos, ante os crimes e horrores a que este regime dá lugar.
Leia mais…

A PEDRA E O JOIO

15, abril, 2013 Sem comentários

Jorge RizziniA PEDRA E O JOIO

Jorge Rizzini

A doutrina espírita tem sofrido agressões dentro do próprio movimento doutrinário, de que são exemplos o roustainguismo, o ramatisismo, o “espiritismo divinista” de Oswaldo Polidoro, as campanhas contra o aspecto religioso do espiritismo, a pretensa superação da obra de Allan Kardec e as ridículas mistificações psicográficas que proliferam em quantidade assombrosa de norte a sul do País.

A propósito escreveu Herculano Pires: “Urge que os espíritas sensatos e responsáveis tomem posição contra essa avalanche de absurdos, tenham a coragem e a franqueza de falar a verdade em defesa do espiritismo doa a quem doer”.

Leia mais…

A Indignação dos Espíritas

15, abril, 2013 3 comentários

emmanuel

A Indignação dos Espíritas

Em face do artigo intitulado “Considerações acerca da Veracidade e da Historicidade da assim denominada Carta de Públio Lêntulo”, tendo como autor o pesquisador Sr. José Carlos Ferreira Fernandes, publicado no Blog intitulado “Obras Psicografadas”, desenvolvo o presente trabalho intitulado “A Indignação dos Espíritas“.

Importante esclarecer aos leitores que o autor do artigo em comento, desenvolve um trabalho de pesquisa de cunho histórico, tendo como objeto de estudo os dados apresentados no livro “Há Dois Mil Anos”, de autoria do Espírito Emmanuel, e psicografado pelo médium Chico Xavier.

Segundo as palavras apostas na apresentação do referido trabalho, é dito tratar-se de pesquisa que “procura demonstrar de forma fortemente convincente que o livro “Há Dois Mil Anos”, “psicografado” por Chico Xavier, não passa de uma completa ficção. Em suma, é uma fraude histórica“. Em seguida, é afirmado que “há problemas desde a completa ignorância da construção dos nomes romanos, passando pela aceitação de documentos comprovadamente falsos e culminando na completa inexistência da entidade que teria ditado o livro, no caso, Emmanuel/Públio Lêntulo“ – acrescentando o texto que “as conseqüências disso para o kardecismo brasileiro, desnecessário dizer, são gravíssimas“. (Blog Obras Psicografadas) (grifei)

Leia mais…

Por que Allan Kardec?

10, junho, 2012 1 comentário

 

Dogmatismo? Tradicionalismo? Fanatismo? Visão estreita?

Vejamos:

  1. A obra de Allan Kardec, quando analisada internamente, revela uma solidez lógica, uma racionalidade, uma limpidez argumentativa, uma coerência de fazerem inveja aos mais conceituados tratados filosóficos que a Humanidade possui;
    Allan Kardec revelou, em tudo o que fez, uma prudência, um equilíbrio, uma sobriedade, um espírito positivo e despreconcebido, um bom senso, enfim, que singularizam sua figura entre todos os expoentes da cultura humana;
    Leia mais…

O ESPIRITISMO “MADE IN BRAZIL”

20, maio, 2012 Sem comentários


Ancorada num verde-amarelismo típico da década de 1930, a obra “Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho” se mostra anacrônica seja para espíritas de outras nacionalidades seja para imigrantes brasileiros, para quem a “árvore do evangelho” se transplanta junto com sua trajetória de migração. – Bernardo Lewgo

  O artigo que lerão a seguir foi publicado originalmente por Bernardo Lewgoy, que é Professor do Departamento de Antropologia da UFRGS. Ele não é espírita e faço aqui, uma adaptação do texto original de Bernardo, face ao tamanho do mesmo, mas mantenho o texto original para efeitos de comparação em: 


Leia mais…

Jerônimo Mendonça (1939-1989)

7, maio, 2012 Sem comentários

Nascido em Ituiutaba (MG)a vida do médium Jerônimo Mendonça (1939-1989) foi um exemplo de superação de limites. Totalmente paralítico há mais de trinta anos, sem mover nem o pescoço, cego há mais de vinte anos, com artrite reumatóide que lhe dava dores terríveis no peito e em todo o corpo, era levado por mãos amigas pelo Brasil afora, para proferir palestras. Foi tão grande o seu exemplo que foi apelidado “O Gigante Deitado” pelos amigos e pela imprensa.

Houve uma época, em meados de 1960, quando ainda enxergava, que Jerônimo quase desencarnou. Uma hemorragia acentuada, das vias urinárias, o acometeu. Estava internado num hospital de Ituiutaba quando o médico, amigo, chamou seus companheiros espíritas que ali estavam e lhes disse que o caso não tinha solução. A hemorragia não cedia e ele ia desencarnar.
Leia mais…

OS ANIMAIS NO PLANO ESPIRITUAL.

7, maio, 2012 11 comentários

Desde que me conheço por espírita nesse mundo, sempre estudei que na erraticidade existem espíritos de animais em contato com os espíritos errantes, formando o mesmo vínculo existente aqui, no plano físico. Ocorre que, nos estudos realizados em um grupo mediúnico na casa espírita que frequento, me deparei com uma informação surpreendente publicada em O Livro dos Médiuns, no capítulo que trata a respeito das evocações. Neste capítulo, Allan Kardec faz uma pergunta aos Espíritos a respeito da evocação de animais, e a resposta dada pelo Espírito chama-nos à atenção sobre a existência de animais na erraticidade.
Leia mais…

O QUE É E O QUE NÃO É ESPIRITISMO?

7, maio, 2012 1 comentário
 
Existe uma confusão muito grande a respeito do que é ou não é Doutrina Espírita ou Espiritismo. Isto porque há pessoas que não sabem que as palavras “espírita” e “espiritismo” foram criadas em 1857, na França, pelo codificador da Doutrina Espírita, Allan Kardec. Somente deveriam utilizar-se destes termos os locais religiosos ou pessoas que seguissem os postulados desta doutrina.Assim, cultos e religiões que de alguma forma têm em suas práticas a comunicação de Espíritos e a crença na reencarnação é confundida erroneamente com o Espiritismo.