Arquivo

Arquivo de junho, 2012

OS MITOS NA DOUTRINA ESPÍRITA

29, junho, 2012 1 comentário

1 – O Brasil é a Pátria do evangelho.

O Brasil será um dia a Pátria do evangelho se trabalharmos duro para isto, senão acontecerá conosco o que aconteceu com a França, berço do espiritismo, esta obra é de responsabilidade dos encarnados, é a nossa parte.

2 – Os livros psicografados pelo irmão Chico Xavier são a continuação da obra de Allan Kardec.
Os livros psicografados pelo irmão Chico Xavier são os responsáveis pela popularização do espiritismo no Brasil, mas não são obras Doutrinárias, não servem para estudos, são como o leite para as crianças, já os adultos precisam de alimentos mais sólidos.

3 – O uso da palavra humildade.
A palavra humildade é comumente usada como instrumento de dominação.
Ex. Você está discordando do mentor da casa espírita? Cadê a sua humildade, quem é você pra falar isto, seja humilde não critique, aceite tudo que lhe for imposto. Não dê a sua opinião pra nada, isto é pretensão sua, você não é nenhum espírito evoluído…
A humildade é um sentimento íntimo, não é aparência exterior, é o conhecimento de si mesmo, o espiritismo bem compreendido e vivenciado leva naturalmente a sermos cada vez mais humildes.
Leia mais…

O Espiritismo é uma religião?

17, junho, 2012 2 comentários

Sessão Anual Comemorativa do dia dos Mortos

(Sociedade de Paris, 1º de novembro de 1868)

DISCURSO DE ABERTURA PELO SR. ALLAN KARDEC(*)

 

O Espiritismo é uma religião?

“Onde quer que se encontrem duas ou três pessoas
reunidas em meu nome, aí estarei com elas.” (S. Mateus, 18:20.)

Caros irmãos e irmãs espíritas,

Estamos reunidos, neste dia consagrado pelo uso à comemoração dos mortos, para darmos àqueles irmãos nossos que deixaram a Terra um testemunho particular de simpatia, para continuarmos as relações de afeição e de fraternidade que existiam entre eles e nós, quando eram vivos, e para invocarmos sobre eles a bondade do Todo-Poderoso. Mas, por que nos reunirmos? Não podemos fazer em particular o que cada um de nós propõe fazer em comum? Qual a utilidade de assim nos reunirmos num dia determinado?
Leia mais…

Por que Allan Kardec?

10, junho, 2012 1 comentário

 

Dogmatismo? Tradicionalismo? Fanatismo? Visão estreita?

Vejamos:

  1. A obra de Allan Kardec, quando analisada internamente, revela uma solidez lógica, uma racionalidade, uma limpidez argumentativa, uma coerência de fazerem inveja aos mais conceituados tratados filosóficos que a Humanidade possui;
    Allan Kardec revelou, em tudo o que fez, uma prudência, um equilíbrio, uma sobriedade, um espírito positivo e despreconcebido, um bom senso, enfim, que singularizam sua figura entre todos os expoentes da cultura humana;
    Leia mais…

Você ainda não fez sua reforma íntima?

3, junho, 2012 2 comentários

O Espiritismo não criou igrejas, não precisa de templos suntuosos e tribunas
luxuosas com pregadores enfatuados. Não tem rituais, não dispensa bênçãos, não
promete Lugar celeste a ninguém, não confere honrarias em títulos ou diplomas
especiais, não disputa regalias oficiais. Sua única missão é esclarecer, orientar, indicar o
caminho da autenticidade humana e da verdade espiritual do homem. Se não
compreendermos isso e nisso não nos integrarmos estaremos sendo pedras de tropeço
para os que desejam realmente evoluir, não por fora, mas por dentro. E esse por dentro

não quer dizer reforma, mas desenvolvimento das potencialidades do espírito. A teoria da
reforma intima é um engodo que levou muitos companheiros aproveitáveis à vaidade
adulteradora.
Leia mais…