Página Inicial > Allan Kardec > ALLAN KARDEC E O PRETO VELHO

ALLAN KARDEC E O PRETO VELHO


O
NEGRO PAI CÉSAR
“nota explicativa no final” 

Pai César, homem livre, de cor, falecido em 8 de fevereiro de 1859, com 138 anos de idade, perto de Covington, nos Estados
Unidos. Nasceu na África e foi levado para a Louisiana com cerca de 15 anos.
Os restos mortais desse patriarca da raça negra foram acompanhados ao campo de repouso por um certo número de habitantes de Covington, e uma multidão de pessoas de cor.

Sociedade, 25 de março de 1859.

1. [A São Luís]. – Poderíeis dizer-nos se podemos

invocar o preto Pai César, a quem acabamos de nos referir?

Resp. – Sim; eu o auxiliarei a vos responder.

Observação – Esse começo faz pressagiar o estado do

Espírito que desejamos interrogar.

2. Evocação.

Resp. – O que desejais de mim? O que faz um pobre

Espírito como eu numa reunião como a vossa?

3. Sois mais feliz agora do que em vida?

Resp. – Sim, porquanto não era boa a minha situação na

Terra.

4. Entretanto, estáveis livre; em que sois mais feliz

agora?

Resp. – Porque meu Espírito não é mais negro.

Observação – Essa resposta é mais sensata do que parece

à primeira vista. Certamente o Espírito jamais é negro; ele quer

dizer que, como Espírito, não sofre mais as humilhações a que está

exposta a raça negra.

5. Vivestes muito tempo. Isso aproveitou ao vosso

progresso?

Resp. – Eu me aborreci na Terra e, numa certa idade,

não sofria bastante para ter a felicidade de progredir.

6. Em que empregais o tempo atualmente?

Resp. – Procuro esclarecer-me e saber em que corpo

poderei fazê-lo.

7. Quando estáveis na Terra o que pensáveis dos

brancos?

Resp. – São bons, mas orgulhosos e vãos, devido a uma

alvura de que não foram responsáveis.

8. Considerais a brancura como uma superioridade?

Resp. – Sim, visto ter sido desprezado como negro.

9. [A São Luís]. – A raça negra é de fato uma raça

inferior?

Resp. – A raça negra desaparecerá da Terra. Foi feita

para uma latitude diversa da vossa.

10. [Ao Pai César]. – Dissestes que procurais um corpo

através do qual podereis progredir. Escolheríeis um corpo branco ou

um corpo negro?

Resp. – Um branco, porque o desprezo me faria mal.

11. Vivestes realmente até a idade que vos é atribuída:

138 anos?

Resp. – Não contei bem, pela razão que já disse.

Observação – Acabamos de observar que os negros, não

possuindo registro civil de nascimento, só de maneira aproximada

podem ter a idade avaliada, sobretudo a daqueles que nasceram na

África.

12. [A São Luís]. – Algumas vezes os brancos reencarnam em corpos negros?

Resp. – Sim. Quando, por exemplo, um senhor

maltratou um escravo, pode acontecer que peça, como expiação,

para viver num corpo de negro, a fim de sofrer, por sua vez, o que

fez padecer os outros, progredindo por esse meio e obtendo o perdão de Deus.

 

Escrito por Allan Kardec na Revista Espírita de 1859

LEIA TAMBÉM O ARTIGO:  Será que Kardec era racista?

  1. Wilson
    8, setembro, 2013 em 21:44 | #1

    Estudos Espíritas
    1) Vamos analisar com calma o problema das macumbas, centros de umbanda, candomblé, quimbanda e os centros de magia, primeiramente temos que colocar o seguinte, não estamos criticando pessoas, estamos analisando princípios e certas práticas. Os Espíritos Elevados e Superiores, não precisam de velas, charutos, cachaça, despachos, sacrifícios de animais, quem precisa e pede essas coisas são espíritos desencarnados ainda apegados a matéria e aos vícios terrenos, os bons Espíritos já estão depurados moralmente dessas coisas.
    Os espíritos ainda apegados a matéria, querem manter as sensações da vida terrena, é por isso que eles procuram certas praticas viciosas, como, beber, fumar e outras sensações materiais . Os Espíritos Elevados já se libertaram dessas praticas negativas e nocivas, muitos desses espíritos atrasados são maldosos, vingativos e obsessores, temos que tomar muito cuidado nesses assuntos. Perguntamos, os Espíritos Elevados precisam de velas, cachaça, charutos e pede sacrifícios de pobres animais???

    Vamos analisar a questão dos Animais, pelo estudo do Espiritualismo e do Espiritismo, sabemos que os animais são nossos irmãos menores na escala evolutiva, devemos respeitar e amar os animais, eles também estão evoluindo, existe nos animais um principio inteligente ou principio espiritual que está num processo evolutivo, como o ser humano. O nosso dever é respeitar e tratar bem dos animais, os Espíritos de Luz jamais vão pedir essas coisas ou praticas, quem pede sacrifícios de animais são espíritos maldosos e ignorantes ainda apegados a matéria e aos vícios terrenos.
    O ser humano é um Espírito encarnado no mundo terra ou plano material para processar a sua Evolução Moral e Intelectual, no qual ele tem que se libertar das suas imperfeições morais, vícios, maus desejos e maus hábitos, para poder evoluir e crescer espiritualmente, portanto, qual o beneficio que essas praticas podem trazer para nossa evolução??
    As pessoas que se entregam a essas praticas, só podem atrair pela Sintonia vibratória espíritos ainda apegados a matéria e aos vícios terrenos, os semelhantes atraindo os semelhantes, essa é a Lei das atrações. O Espiritualismo e o Espiritismo não mandam ninguém usar velas, roupas brancas, amuletos, talismã, imagens de santos, despachos, cachaça, charutos e sacrificar animais inocentes, nada disso existe no Espiritismo verdadeiro. Para se atrair os Espíritos Superiores e os bons espíritos, temos que cultivar pensamentos elevados, sentimentos nobres e ter atitudes positivas no bem e nas virtudes, pela lei das atrações psíquicas, o bem atraia o bem e o mal atraia o mal.
    Existem centros de umbanda que não praticam essas coisas, devemos sempre analisar essas questões pelo crivo severo e sereno da Fé Racional, não podemos aceitar nada sem exame rigoroso, devemos sempre analisar e raciocinar.

    Uma outra questão, os assuntos tratados nesses ambientes, são sempre assuntos relacionados a questões materiais sem elevação moral, assuntos como, volta da pessoa amada, sorte no jogo, melhoria nos negócios, prejudicar desafetos etc.
    Os Espíritos Superiores e os bons espíritos só tratam de assuntos moralmente elevados, eles pregam a pratica sincera do Bem e das Virtudes, os Espíritos de Luz procuram moralizar, educar, disciplinar e espiritualizar as pessoas, incentivando elas a praticarem o amor e as virtudes. É pelo pensamento e sentimentos que entramos em sintonia vibratória com o plano astral ou mundo espiritual, e vamos atrair bons ou maus espíritos, conforme o padrão Moral desses pensamentos e sentimentos.
    Não adianta usar objetos matérias, como amuletos, talismã, velas, roupas brancas e imagens de santos ou anjos, o que vale são nossos Pensamentos, sentimentos e atitudes. Uma pessoa falsa, maldosa, com vícios e maus hábitos, podem usar roupas brancas, velas, amuletos, talismã, falar em Jesus e em Deus, que não tem nenhum valor espiritual, o valor está em nossos Pensamentos e sentimentos. Ela tem que procurar combater as suas imperfeições morais, modificar seus pensamentos e sentimentos para melhor. Repetimos, não estamos criticando pessoas, estamos analisando princípios e praticas, os Espíritos de Luz jamais vão pedir essas coisas, que se encontram nesses centros de macumbas, candomblé e umbanda.

    2)O ser humano é um Espírito encarnado no mundo terra ou plano material para Evoluir mediante seu Aprimoramento Moral e Intelectual, temos que ter uma Conduta Moral reta, praticar o bem e as virtudes, temos que combater os maus hábitos, os maus desejos, os maus pensamentos e os vícios, o Espírito precisa Vencer as influências negativas da Matéria para poder evoluir espiritualmente.
    Temos que nos libertar das superstições e das crendices, temos que ter uma fé racional ligada a Ciência e a Moralidade, as superstições e o misticismo levam as pessoas para a completa ignorância das Leis espirituais, um exemplo, a pessoa para afastar os maus espíritos não precisa de velas, roupas brancas, amuletos, palavras sacramentais, sinais cabalísticos, talismã, terços, nada disso funciona, somente nossos pensamentos e sentimentos podem exercer ação Vibratória para atrair ou repelir os espíritos.
    Nós somos o que pensamos e atraímos pelo pensamento o bem ou o mal, pelos pensamentos elevados e firmes no Bem e pela Conduta Moral reta, vamos afastar os espíritos inferiores e obsessores e atrair os Espíritos de Luz. A proteção espiritual quem faz é a própria pessoa, conforme, seus pensamentos e conduta moral. O Bem repele sempre o mal, assim como o Calor repele o frio.

    3)O Deus bíblico que realiza milagres e fatos sobrenaturais não existe, o Deus bíblico é uma criação humana.Deus é Espírito, Ele não têm forma material e nem corporal, Deus é Luz ou Grande Foco de Luz, Ele estabeleceu Leis perfeitas, naturais, eternas e imutáveis, e essas Leis regulam tudo no Universo material e espiritual, tudo é Perfeição e Sabedoria na Obra do Grande Foco o Criador incriado. Não existem milagres e nem o sobrenatural, tudo é explicado de forma Racional e Científica pelas Leis do Criador, temos que ter uma fé racional sem superstições e crendices. O Deus bíblico tem as paixões humanas, como, a ira, a cólera, manda exterminar povos estrangeiros, pede sacrifícios de animais,como pode o Criador do Universo sentir cólera e ira, manda exterminar povos estrangeiros, mulheres e crianças, isso mostra que foi o homem que criou o Deus bíblico dentro da sua forma de pensar e sentir.Qualquer sentimento negativo não pode representar o Criador incriado. Basta analisar o velho testamento, no qual vamos encontrar um Deus que sente ódio e ira, o senhor dos exércitos que gosta de guerras. Temos que ter uma visão mais Racional e espiritualista sobre o Criador, como disse o Mestre Allan Kardec, a fé têm que ser Raciocinada e não cega.

    4) Não podemos ser omissos e nem passivos diante das coisas erradas e falsas, o sacrifício de animais nesses centros de macumbas, é algo errado, vejamos, os Espíritos de Luz não pedem essas coisas que vemos nesses ambientes, somente espíritos inferiores apegados a matéria é que pedem esses absurdos.
    J Herculano Pires no seu livro Mediunidade, fala que o Movimento Espírita deveria se LEVANTAR contra a matança de animais nesses centros, porem, muitos espíritas são omissos e passivos (covardes) diante desses assuntos, ficam calados.
    Quem cala consente.
    Allan Kardec fala em seus livros, que o objetivo principal e básico do Espiritismo é a melhoria MORAL do ser humano, perguntamos, qual a melhoria Moral que uma pessoa vai ter, usando, charutos, cachaça, velas, despachos, sacrificando animais inocentes???
    Os animais merecem nosso respeito, chega de omissão.
    Não estou criticando pessoas, estou analisando princípios e praticas.

    5)O Espírito para poder Evoluir ele têm que Combater as suas imperfeições Morais, vícios, maus desejos, maus hábitos, maus pensamentos, temos que Dominar as influências negativas da Matéria, os vícios da bebida, do cigarro, da gula, do jogo, das drogas, são nocivos ao corpo físico e ao perispirito, os vícios provocam desequilíbrios no Espírito. Sem aprimoramento moral e intelectual ficaremos travados em nossa Evolução espiritual.
    Os centros de macumbas visam na maioria das vezes interesses matérias, terra a terra, sem elevação moral, tratam de assuntos matérias vulgares, como, volta da pessoa amada, melhoria nas finanças, sorte com as mulheres etc.
    O Mestre Allan Kardec fala em seus luminosos livros, que o objetivo principal do Espiritismo é a melhoria Moral do ser humano, perguntamos, qual melhoria moral uma pessoa vai ter usando charutos, cachaça e sacrificando inocentes animais???
    Essa é a questão chave.
    A melhoria moral e espiritual de uma pessoa está na pratica do bem e das virtudes, ser bom, ser correto, ser honesto, ser cordial, ser educado, cultivar pensamentos elevados e sentimentos nobres, combater os maus desejos, combater os maus hábitos, combater os vícios, respeitar os animais, isso é ser Cristão.
    Os Espíritos Elevados e Superiores e os bons espíritos, só tratam de princípios morais elevados, que visam a melhoria moral e espiritual do ser humano, eles nunca vão tratar de assuntos matérias terra a terra,o ser humano precisa se espiritualizar se elevando acima das coisas matérias, devemos buscar e as Virtudes.
    Esses espíritos que se apresentam nesses centros pedindo cigarros, bebida, charutos, velas, despachos, cachaça, só podem ser espíritos apegados a matéria, e muitos deles são maldosos, gozadores, embusteiros e obsessores, usam nomes falsos e pomposos e uma Linguagem melosa para enganar as pessoas, eles falam macio, cuidado.
    São lobos em pele de ovelhas.
    O Mestre Allan Kardec fala em seus Livros, que devemos passar pelo Crivo severo da Razão e da Lógica todos os ensinamentos e mensagens que venha do plano espiritual, só devemos aceitar o que tiver uma base Moral e Racional elevada.

    6) Vejamos essa questão.
    O que vai atrair os Espíritos Elevados e Superiores?
    a)amuletos, talismã, velas, incenso, roupas brancas, imagens, charutos, e outros objetos matérias.
    b)pensamentos positivos e nobres, bons sentimentos, a pratica sincera do bem e das virtudes, a conduta moral reta, a caridade, a honestidade, a fraternidade.

    Essa é a questão que devemos analisar, pensar e raciocinar, nós somos o que pensamos e atraímos pelo Pensamento bons ou maus espíritos, nenhum objeto material tem ação para atrair ou repelir os espíritos desencarnados, nossos pensamentos, sentimentos e atitudes, é o fator principal para estabelecer Sintonia vibratória com o plano astral ou mundo espiritual.
    Uma outra questão.
    Para afastar os maus espíritos ( espíritos inferiores, perturbadores e obsessores), temos que buscar a nossa melhoria Moral e Mental, cultivar pensamentos puros, elevados e firmes no Bem, ter atitudes corretas e honestas, combater os maus pensamentos, combater os vícios, combater os maus hábitos, praticar a caridade e a fraternidade, ter uma fé racional e não cega, dessa forma a pessoa consegue elevar o seu padrão Vibratório, repelindo as vibrações negativas e pesadas dos espíritos obsessores, eles não conseguem entrar em Sintonia com a pessoa, as vibrações positivas repelem as vibrações negativas. Tudo é uma questão de Afinidade moral ou Sintonia, o Bem tem sintonia com o Bem, e o mal tem sintonia com o mal, tudo depende dos nossos PENSAMENTOS, SENTIMENTOS E ATITUDES.
    Vamos concluir que a Proteção espiritual quem faz é a própria pessoa, conforme seus pensamentos e conduta moral, essas superstições tolas de usar, velas, incenso, roupas brancas, amuletos, talismã, imagens de santos, banho de ervas, palavras sacramentais, são tudo baboseiras do misticismo, não tem nenhuma base racional.
    É no Pensamento e na Conduta Moral que está a defesa psíquica contra os maus espíritos.
    Allan Kardec disse que são as imperfeições morais da alma que atraem os maus espíritos, portanto, temos que combater essas imperfeições morais, para podermos afastar esses espíritos maldosos e ignorantes do plano astral.

    7) Todos os ensinamentos e mensagens que venha dos espíritos desencarnados, tem que ser analisados com muito cuidado e critério, por que, existe no mundo espiritual ou plano astral, muitos espíritos mentirosos, hipócritas, embusteiros, sedutores e mistificadores, que usam nomes falsos, pomposos e importantes para enganar as pessoas, eles também usam uma LINGUAGEM melosa, suave e doce para seduzir e mistificar, eles falam macio, são lobos em pele de ovelhas, temos que ter muito cuidado. O Mestre Jesus disse, cuidado com os falsos profetas, esses falsos profetas também existem no plano astral, são os mistificadores desencarnados, tudo fazem para iludir, enganar as pessoas.
    Como evitar isso?
    Não devemos aceitar nada cegamente e passivamente, todos os ensinamentos e mensagens que venha dos espíritos desencarnados têm que passar pelo crivo severo da Razão e da Lógica, para poder ser aceiro, qualquer ofensa a Razão, a lógica e a Moral, denuncia um espírito embusteiro e mal intencionado. Portanto, a regra é essa, passar tudo pelo crivo rigoroso da razão e da lógica, a nossa fé tem que ser raciocinada e não cega. Os maus espíritos não suportam o exame rigoroso e racional das suas mensagens e comunicações, é por isso, que eles evitam a critica, e tentam colocar na mente das pessoas que criticar é algo ruim, eles querem levar as pessoas para um estado de aceitação passiva, ninguém critica, ninguém analisa, ninguém raciocina, ninguém questiona, ninguém pensa, somos robôs em suas mãos.
    Os espíritos mistificadores e obsessores, usam nomes falsos e pomposos e também usam uma LINGUAGEM melosa, suave, doce, para seduzir e enganar as pessoas, tudo isso ocorre, por que, as pessoas não usam o crivo severo da Razão e da lógica, para analisar as comunicações mediúnicas.
    Esses espíritos desencarnados que se apresentam nesses centros de macumbas, pedindo, charutos, cachaça, sacrifícios de animais e despachos, são espíritos apegados a matéria e aos vícios terrenos, muitos deles são maldosos, vingativos, embusteiros, sedutores e obsessores, são os espíritos imundos relatados nos Evangelhos, que as religiões chamam de demônios. Devemos evitar esses ambientes de baixa espiritualidade, são lugares perigosos.

  2. Carlos Magno
    26, outubro, 2013 em 22:52 | #2

    Eia, Wilson….!

    Aproveitando minha rápida visita a esse blog, leio o Wilson.

    Meu filho, sabe você de fato o que é a Umbanda e seu importantíssimo papel no mundo, mesmo para espíritas cardecistas?

    Creio que não. E não é de estranhar, mesmo porque o conhecido palestrante Divaldo Franco se pronunciou dizendo que Pretos-Velhos eram espíritos atrasados, porque se fossem evoluídos não ser apresentavam falando errado. Ele acha que os espíritos desencarnados, qualquer um, podem a qualquer hora mudar suas aparências do lado de lá quando desejarem e se mostrar para o lado de cá mais belos e inteligentes. Senão são atrasados….. Neste campo, prezado Divaldo, peça seu boné e saia pelos fundos….

    É necessário sempre discernir que Umbanda não é Candomblé. A Umbanda na sua origem e práticas verdadeiras não faz sacrifícios. E os Candomblés do bem, quando fazem, é para salvar filhos da magia negra ou estabelecer certos vínculos energéticos. Moisés, em obediência à Jeová, mandava fazer sacrifícios animais na Tenda armada no deserto; Jesus não, mas não negou Moisés, ao contrário, o confirmou algumas vezes como grande profeta e líder semita. E aí, como desmentir o Grande Mestre?

    Os matadouros fazem sacrifícios e os frigoríficos mandam os produtos abatidos para os não vegetarianos comerem deliciosos bifes e outras iguarias de carne, na mesa bem posta. E nestes casos, é tudo muito normal.

    Agora se discute se deve ou não sacrificarem-se animais para pesquisas, e isto sempre foi feito pelos especialistas tecnológicos e laboratoristas em todo o mundo. E aí, são eles atrasados mentalmente?

    Se você, prezado Wilson, soubesse o que caboclos, pretos-velhos, exús coroados e outros de Umbanda fazem e trabalham no anonimato em inúmeros centros cardecistas (excetuando-se, algumas vezes, os centros dos estúpidos ortodoxos e preconceituosos, porque então eles não vão) para que a carruagem não despenque nos abismos, não diria que os elementos materiais que umbandistas usam são vícios de espíritos atrasados e outras coisas mal interpretadas

    Leia bastante mais sobre Umbanda, leia Magia de Rendenção de Ramatís; vá a sessões de descarregos ou consultas nas boas Umbandas, converse com Umbandistas cultos e de vidas retas, e terá a grande chance de mudar de ideia, apreciando “um outro lado” dos
    missionários de Umbanda. Mas não me venha dizer que já conhece, porque já frequentou, seus parentes eram e não são mais etc., etc. Isto não convence.

    Evidente que há espíritos de muitos níveis evolucionários na Umbanda, que trabalham sob a orientação de outros mais evoluídos e experimentados. Há uma hierarquia inteligentemente constituída.

    Mas também já vi um bocado de “guias” e “comunicadores” espíritas que não eram coisíssima alguma, senão obsessores inteligentes, passando-se por espíritos de luz em mesas de trabalhos. E os engoliram assim mesmo e até agradeceram suas presenças……

    Carlos Magno

  3. wilson
    11, novembro, 2013 em 21:07 | #3

    Observações Espiritualistas.
    1) Mediunidade é Sintonia.
    A Sintonia dos pensamentos e sentimentos com o plano astral ou mundo espiritual, atraímos Bons ou maus espíritos conforme nossa forma de pensar, sentir e agir, estamos cercados por espíritos desencarnados que têm uma certa afinidade com a nossa forma de ser.
    Todos as pessoas possuem mediunidade intuitiva ou de inspiração, qualquer pessoa pode receber intuições ou inspirações dos espíritos desencarnados, é por isso que é muito importante vigiar os pensamentos e procurar disciplinar esses pensamentos em coisas boas e positivas, ouvindo boas musicas, lendo bons livros, manter contato com as artes e com pessoas de boa formação moral, devemos enriquecer nossos Pensamentos com coisas elevadas, nobres e belas.
    Os espíritos desencarnados se comunicam entre si pela irradiação dos pensamentos, ou seja, pela telepatia, eles podem conhecer e ler nossos pensamentos.
    Os maus espíritos ( espíritos apegados a matéria e aos vícios terrenos) procuram interferir em nossa mente inspirando pensamentos negativos de desanimo, de preguiça, de ódio, de raiva, de medo, de vingança, eles procuram sujar nossa mente com esses pensamentos impuros, tudo isso ocorre por causa da Mediunidade intuitiva que é peculiar a todas as pessoas.
    Para afastar ou maus espíritos não adiante usar velas, incenso, amuletos, talismã, roupas brancas, imagens de santos, medalhas mágicas, nada disso funciona.
    É no Pensamento elevado, positivo e firme no Bem e na Conduta moral reta nas virtudes que está a melhor defesa psíquica contra os maus espíritos.
    Tudo depende das nossas condições mentais e morais.
    Os espíritos inferiores, perturbadores e obsessores não conseguem entrar em Sintonia com as pessoas que estejam vibrando pensamentos positivos e nobres, o bem repele o mal, essa é a Lei psíquica das atrações.
    O Bem tem sintonia com o Bem.
    O mal tem sintonia com o mal.
    Devemos tomar muito cuidado com a IRRITAÇÃO, nervosismo, discussões, por que, isso vai baixar nosso campo vibratório, e permitir a aproximação de espíritos impuros, perturbadores e obsessores do mundo espiritual ou pano astral.
    Evite discutir.
    Evite se irritar.
    Evite o nervosismo se afaste de pessoas maldosas, picaretas, falsas, intrigantes, se afaste de ambientes negativos, por que, tais pessoas e ambientes estão envolvidos por espíritos inferiores.
    Onde estiver a degradação moral os maus espíritos são atraídos pela Sintonia vibratória.
    Só quero deixar bem claro, a IRRITAÇÃO é um fator básico para os processos obsessivos, procure evitar sempre as IRRITAÇÕES, não discuta, não xingue, não fique com raiva, não use palavrões, não se envolva com pessoas falsas e maldosas.
    Procure sempre manter seus Pensamentos e Sentimentos elevados e positivos.

    2) A mediunidade é um canal de comunicação com o plano extra físico ou mundo espiritual, na realidade o mundo espiritual ou plano astral NÃO é espiritual e sim semi material, existe MATÉRIA no mundo espiritual, a chamada Matéria fluídica.
    Os espíritos desencarnados também não são seres espirituais e sim seres semi materiais, eles possuem um corpo fluídico semi material chamado de perispirito ou corpo astral.
    Os nossos desejos de comer, beber, fumar, jogar, transar, não estão em nosso corpo físico estão em nosso corpo astral ou perispirito, os DESEJOS SÃO PSÍQUICOS e não físicos.
    É por isso que as pessoas que possuem desejos viciosos da bebida, do fumo, do jogo, das drogas e da gula, quando desencarnam continuam com esses desejos impuros no plano astral, elas ficam apegadas ao plano terreno tentando saciar esses vícios.
    Como elas não possuem mais o corpo carnal para saciar tais desejos torpes, elas vão procurar algum encarnado que tenha os meus desejos e vícios deprimentes, e vão encostar o seu perispirito no perispirito do encarnado que esta bebendo, fumando ou comendo exageradamente.
    Esse encosto perispiritual ou vampirismo psíquico é muito praticado pelos espíritos inferiores que estão a vagar aos milhões pela crosta terrena, esses espíritos viciosos ficam a vigiar os encarnados que são invigilantes com a sua conduta moral e seus pensamentos, é como o gato a vigiar o rato, quando o rato vacilar o gato pega.
    Da mesma forma, quando os encarnados vacilam com seus pensamentos e atitudes os maus espíritos se aproximam pela sintonia vibratória.
    Portanto meus amigos, levar uma vida terrena correta, honesta, digna, com pensamentos elevados e positivos e praticar boas ações é um fator muito importante, para nossa Evolução espiritual e para afastar os maus espíritos.
    Tudo depende de você.
    Você.
    Mediunidade é coisa santa é algo puro e nobre que as pessoas devem praticar com Disciplina, elevação moral, respeito, nunca devemos transformar Mediunidade em comercio sujo com o mundo espiritual.
    Evocar espíritos para tratar de assuntos matérias, pessoais e financeiros é algo muito errado, assuntos vulgares e mesquinhos como, volta da pessoa amada, sorte no jogo, sorte com as mulheres, predizer o futuro, revelar formulas para ficar rico, revelar tesouros escondidos, esses tipos de assuntos matérias sem alcance moral, só podem atrair pela sintonia espíritos inferiores, gozadores, mentirosos e mistificadores do plano astral.
    Os Espiritos Elevados e os Bons Espiritos só tratam de assuntos Moralmente importantes e nobres, eles procuram pregar a pratica sincera do Bem e das Virtudes, incentivando as pessoas a seguirem o caminho da fraternidade, das virtudes e do amor.

    3) Como podemos avaliar o estado evolutivo dos espíritos desencarnados que se comunicam nas reuniões mediúnicas???
    Como podemos saber se um Espirito é Bom ou mal???
    Como podemos saber se um Espirito é elevado ou atrasado???

    A Linguagem e os ensinamentos é o ponto chave.
    Os Espiritos Superiores e os Bons Espiritos possuem sempre uma Linguagem pura, elevada, digna, nobre, lógica, e seus ensinamentos visam sempre a melhoria Moral e espiritual das pessoas, eles pregam o Amor, as Virtudes, a Justiça, a elevação moral, a disciplina, a ordem, a dignidade, a fraternidade e o respeito.
    Os Espiritos elevados são Virtuosos em seus ensinamentos eles procuram iluminar as pessoas.
    Os espíritos apegados a matéria e aos vícios terrenos possuem sempre uma Linguagem que reflete as paixões humanas, eles possuem uma linguagem pesada, agressiva, grosseira, vulgar, ímpia, sem lógica, sem elevação moral, na linguagem desses espíritos impuros se reflete sentimentos de ódio, raiva, medo, angustias, dores, sofrimentos, arrependimentos, desejos de vingança, desejos viciosos de beber, fumar etc…
    Portanto basta analisar o teor moral da Linguagem que os espíritos desencarnados usam em suas comunicações ou mensagens.
    Um Espirito Elevado jamais vai usar um Linguagem vulgar, grosseira, pesada, sem lógica, sem elevação moral.
    A linguagem e os ensinamentos que os espíritos desencarnados usam é o ponto chave que temos que avaliar com muito cuidado e critério.

    4) O Mestre Allan Kardec fala em seus livros, que só devemos aceitar os ensinamentos dos espíritos desencarnados, quando eles forem Racionais e tiverem um nível Moral elevado.
    Ensinamentos que venha do plano espiritual sem elevação Racional e Moral deve ser rejeitado.
    Existe muitos espíritos desencarnados no mundo espiritual que são maliciosos, mentirosos, astutos, hipócritas, sedutores e mistificadores.
    Devemos sempre estar alertas nesses assuntos.
    Não podemos acreditar cegamente nas coisas que os espíritos desencarnados falam em suas comunicações mediúnicas, tudo deve ser analisado com muito cuidado, Allan Kardec fala, que devemos PASSAR PELO CRIVO SEVERO DA RAZÃO E DA LÓGICA todas as mensagens e comunicações que venha dos espíritos desencarnados, os maus espíritos não suportam o exame racional das suas mensagens, eles querem ser aceitos sem nenhum tipo de exame.
    Uma outra questão importante.
    Os espíritos mistificadores e atrasados gostam de se impor, dar ordens, falam com uma certa arrogância ou grosseria.
    Os Espíritos de Luz dão conselhos e orientações, nunca se impõe e não dão ordens absolutas, eles dão ensinamentos que visam a nossa melhoria Moral e espiritual, os Espiritos de Luz são Virtuosos em seus ensinamentos, sua Linguagem é sempre moralizadora pregando o Bem, o amor, a fraternidade, o respeito, a disciplina, a ordem, a educação, os espíritos de Luz tentam colocar Luz na mente das pessoas.
    Esses espíritos que se apresentam em certas reuniões mediúnicas usando uma Linguagem pesada, grosseira, vulgar, dando ordens, se impondo, pedindo charutos, cigarros, cachaça, despachos, velas, e sacrifícios de pobres animais são espíritos inferiores apegados aos desejos e vícios terrenos, e muito desses espíritos podem ser maldosos e obsessores, tome cuidado nesses assuntos.
    Não seja uma criança mimada que queira brincar de Espiritismo.

    5) Espiritismo e Umbanda.
    Primeiramente, temos que explicar o seguinte, existe muitos umbandistas que são pessoas boas, corretas, honestas, inteligentes, cultas de formação moral elevada
    O valor espiritual de uma pessoa não esta na religião ou na doutrina que a pessoa tem e sim em seu Comportamento Moral e nos seus pensamentos.
    Eu vou apenas tentar definir o Espiritismo em relação a Umbanda.
    O Mestre Allan Kardec em seus livros, não manda ninguém usar velas, roupas brancas, amuletos, talismã, imagens de santos, fazer despachos, sacrificar pobres animais, nada disso existe na Doutrina Espirita ou Espiritismo.
    O Mestre Kardec também não manda ninguém evocar espíritos para tratar de assuntos matérias vulgares, como, volta da pessoa amada, predizer o futuro, descobrir formas de ficar rico, ter sorte no jogo etc..
    A Umbanda branca e espiritualizada também não aceita essas coisas.
    Espiritismo não é Umbanda.
    Umbanda não é Espiritismo.
    Somente isso.
    Não estou discriminando nada, estou apenas dando definições doutrinarias.
    Uma outra questão importante, os Espiritos Elevados e os Bons Espiritos nunca vão pedir velas, charutos, cachaça, despachos e sacrifícios de pobres animais, quem pede essas coisas são espíritos apegados a matéria e aos vícios terrenos e muitos desses espíritos podem ser maldosos, astutos, maliciosos e obsessores, cuidado para não cair na conversa mole deles.
    Eles falam macio para seduzir e enganar as pessoas.
    Cuidado, são lobos em pele de ovelhas.

    Como afastar os espíritos embusteiros e mistificadores do plano astral???

    Todas as comunicações mediúnicas, mensagens e ensinamentos que venha dos espíritos desencarnados têm que passar PELO CRIVO SEVERO DA LÓGICA E DA RAZÃO PARA PODER SER ACEITO.
    Qualquer ofensa a Razão a lógica e a sã Moral deve ser rigorosamente rejeitado.
    Essas orientações vem dos Mestres Allan Kardec, Leon Denis e Luis de Mattos.
    Devemos analisar tudo que venha dos espíritos desencarnados com o Maximo rigor, os maus espíritos não suportam o exame racional das suas mensagens e comunicações, é por isso que a fé tem que ser RACIOCINADA.
    Vejamos um exemplo, um espírito se manifesta numa reunião mediúnica pedindo, farofa, cigarros, despachos, cachaça, charutos e sacrifícios de animais.
    Vocês acham que um Espírito de Luz ou seja um Espírito Elevado vai pedir essas coisas???
    Procurem raciocinar.
    Outro exemplo, um espírito se manifesta numa reunião mediúnica usando uma Linguagem pesada, vulgar, grosseira, agressiva, dando ordens e se impondo.
    Perguntamos, um Espírito Elevado vai usar esse tipo de Linguagem???

  4. Marcos
    26, novembro, 2013 em 12:37 | #4

    Caros amigos, entendo que estão querendo levar à espiritualidade os preconceitos exercidos no plano de relações (mundo material). O fato da análise da forma de um Espírito se comunicar não atesta sua elevação moral. As características do médium também lhe influenciarão a comunicação na forma, mas não no conteúdo.
    Restringir a comunicação dos Espíritos é, no mínimo, falta de caridade, assim como categorizá-los é prática de preconceito. Discernir a respeito do seu conteúdo, entretanto, é exercício do dever do espírita.
    Ao lado de nossas inúmeras reencarnações, apresentamos condições diversas e variadas. Os desencarnados apresentam-se a um grupo, cuja necessidade de comunicação se manifesta, da maneira que menos lhes chocaria o entendimento.
    Cabe-nos reportar, também, que, no Brasil, a matriz espiritual é diversa da europeia e constituída, basicamente, de índios, negros e portugueses. Muitos destes, sendo a reencarnação dos próprios europeus.
    É necessário que tenhamos um arejamento maior das ideias que envolvem a espiritualidade. O formalismo da sociedade terrena não se expande para o outro plano, considerando-se aí os planos mais elevados.
    É evidente que, quanto mais materializado o espírito, maior importância reputarão às diferenças observadas.
    Em síntese, recomendam-nos maior atenção ao espírito da letra em detrimento à letra do espírito.
    Um fraterno abraço a todos.

  5. wilson
    13, dezembro, 2013 em 00:53 | #5

    O perigo das macumbas, muitas pessoas nada sabem desses perigos. Os Espíritos de Luz ou Espíritos Superiores já mais vão pedir charutos, cachaça, cigarros,sacrifícios de animais e despachos, essas praticas só podem atrair pela sintonia vibratória espíritos desencarnados apegados a matéria e aos vícios terrenos, ou seja, espíritos inferiores e obsessores.Os Espíritos Superiores são Virtuosos em seus ensinamentos, eles procuram moralizar, educar e espiritualizar os seres humanos, incentivando a pratica sincera do bem e das Virtudes. Os espíritos apegados a matéria tratam de assuntos vulgares sem elevação moral, assuntos, como, sorte no jogo, volta da pessoa amada, sorte com as mulheres, melhoria nas finanças, trabalhos para prejudicar desafetos etc. Os Espíritos Superiores já mais vão se manifestar num centro para pedir charutos, cachaça e sacrifícios de pobres animais, isso é ridículo, os animais são nossos irmãos menores na escala evolutiva, devemos respeitar e amar os animais, quem pede esses absurdos são os espíritos da escuridão, cuidado, muito cuidado, eles gostam de enganar as pessoas usando uma linguagem melosa, suave, doce, com palavras bonitas, eles falam macio, tudo para seduzir as pessoas que estão nesses ambientes de baixa espiritualidade. Eles também usam Nomes pomposos, importantes e sedutores para mistificar. Vou deixar uma pergunta, vocês acham que os Espiritos de LUZ vão pedir despachos, cachaça, charutos, sacrificios de pobres animais inocentes??? O ser humano é um Espirito encarnado no mundo terra para evoluir e se melhorar moralmente, ser bom, honesto, correto, trabalhador, sem vicios, cultivar as Virtudes e os valores morais superiores, é seu DEVER, cumprindo com o seu dever moral ele consegue vencer e evoluir.Devemos nos afastar dos ambientes de baixo nivel moral, por que, nesses ambientes perambulam espiritos inferiores e pertubadores. O ser humano é composto de dois elementos Espirito e materia, o Espirito é a Força inteligente o ser pensante, a materia corporal não pensa e nem sente, portanto, se conhecer como Espirito encarnado com Deveres Morais para cumprir já é uma iniciação para as verdades superiores.

  6. wilson
    9, junho, 2014 em 15:03 | #6

    Umbanda, os espíritos de luz precisam de velas, charutos e cachaça???

    1)Respostas sobre UMBANDA e CANDOMBLÉ dadas pelo médium mineiro CHICO XAVIER no programa Pinga Fogo de 1971
    UMBANDA
    Pergunta: Quem são os “pretos-velhos”, “exus” e “pombas-giras” que incorporam na Umbanda? Se são espíritos de luz, por que há necessidade de cigarro, cachaça e sons barulhentos?
    Resposta: PARA ESPÍRITOS DE LUZ, OU SEJA, ESPÍRITOS SUPERIORES E PUROS, NÃO EXISTEM NECESSIDADES MATERIAIS. Os espíritos que trabalham nos terreiros, em sua grande maioria, são aqueles que ainda guardam grandes necessidades das sensações terrenas e por isso usam os médiuns para absorvelas; quando não têm, fazem-no através dos despachos. São, na classificação da Doutrina Espírita, chamados de espíritos mais simples. É claro que existem aqueles outros que, mesmo tendo condição moral mais elevada, manifestam-se nos terreiros de Umbanda, guardando os procedimentos ali adotados.

    CANDOMBLÉ
    Pergunta: Qual a diferença entre as entidades de luz da Doutrina Kardecista e os orixás do Candomblé, que são reverenciados em seus templos com bons pratos, roupas tradicionais e músicas? Isso não seria prendê-los ao materialismo?
    Resposta: Primeiro; devemos esclarecer que a Doutrina não é Kardecista e sim dos Espíritos. Allan Kardec foi o codificador dessa Doutrina, ou seja, através de método científico, reuniu e compilou, com a ajuda de vários médiuns, as informações que hoje conhecemos editadas nos livros básicos da Doutrina Espírita.
    Quanto à diferença entre “entidades de luz”, ou seja, espíritos de luz e os orixás do Candomblé; esta reside no fato de QUE OS ESPÍRITOS DE LUZ ENCONTRAM-SE EM ELEVADA CONDIÇÃO DE EVOLUÇÃO MORAL, ESTANDO, PORTANTO, LIVRES DAS SENSAÇÕES MATERIAIS.
    SEM DÚVIDA QUE AS OFERENDAS QUE RECEBEM OS “ORIXÁS” OS PRENDEM À MATÉRIA.
    Da Obra “Plantão De Respostas “ – Emmanuel E Francisco Cândido Xavier.

    Emmanuel é bem claro, somente espíritos apegados as sensações matérias é que pedem cigarros, charutos, cachaça e despachos, ou seja, espíritos atrasados.
    Perguntamos.
    Emmanuel esta certo ou errado nessa questão??????

    Os Espíritos de Luz ou os Espíritos Superiores e Elevados não possuem necessidades matérias, eles estão moralmente depurados.
    Os Espíritos de Luz possuem sempre uma Linguagem pura, digna, elevada, nobre, lógica e sublime de moralidade e seus ensinamentos visam sempre a melhoria Moral e espiritual das pessoas.
    Os Espíritos Elevados são Virtuosos em seus ensinamentos.
    Eles pregam o Bem, a caridade, o amor, a elevação moral, a disciplina, a ordem, as virtudes.
    Os espíritos inferiores, perturbadores e obsessores possuem sempre uma Linguagem moralmente pesada, grosseira, ímpia, agressiva, maliciosa, sem lógica e sem elevação moral.
    E suas mensagens só tratam de assuntos matérias vulgares.
    Os Espiritos de Luz jamais vão pedir coisas matérias, como velas, despachos, cachaça, charutos, farofa e sacrifícios de animais.
    Somente espíritos apegados a matéria e aos vícios terrenos é que pedem tais absurdos.

    2) Emmanuel é bem claro nessa questão ele diz.

    PARA ESPÍRITOS DE LUZ, OU SEJA, ESPÍRITOS SUPERIORES E PUROS, NÃO EXISTEM NECESSIDADES MATERIAIS. Os espíritos que trabalham nos terreiros, em sua grande maioria, são aqueles que ainda guardam grandes necessidades das sensações terrenas e por isso usam os médiuns para absorvelas; quando não têm, fazem-no através dos despachos.

    Os espíritos que trabalham nos terreiros, em sua grande maioria, são aqueles que ainda guardam GRANDES NECESSIDADES TERRENAS E POR ISSO USAM OS MÉDIUNS PARA ABSORVELAS, QUANDO NÃO TEM, FAZEM-NO ATRAVÉS DOS DESPACHOS.
    Isso mostra que os espíritos que atuam nos terreiros são espíritos apegados as sensações terrenas e POR ISSO USAM OS MÉDIUNS PARA ABSORVELAS.
    Os médiuns que usam cigarros, charutos e cachaça são vampirizados por espíritos inferiores do plano astral.
    Como disse Emmanuel, PARA ESPÍRITOS DE LUZ, OU SEJA, ESPÍRITOS SUPERIORES E PUROS, NÃO EXISTEM NECESSIDADES MATERIAIS.

    Perguntamos Emmanuel esta errado nessa questão?????
    Qual a sua resposta???

    Emmanuel fala que as oferendas que fazem aos orixás ( espíritos desencarnados) os prendem a matéria.
    OS ESPÍRITOS DE LUZ ENCONTRAM-SE EM ELEVADA CONDIÇÃO DE EVOLUÇÃO MORAL, ESTANDO, PORTANTO, LIVRES DAS SENSAÇÕES MATERIAIS.
    SEM DÚVIDA QUE AS OFERENDAS QUE RECEBEM OS “ORIXÁS” OS PRENDEM À MATÉRIA.

    Como os Umbandistas analisam essa questão colocada por Emmanuel?????

    3) A minha intenção é trocar idéias e informações e ouvir outras opiniões, sobre espíritos condicionados a matéria, os espíritos de luz precisam de coisas matérias????
    Os espíritos de luz precisam de sangue de animais???
    Esses obsessores que são espíritos condicionados a materia e aos vícios terrenos, formam o astral inferior, que é uma região espiritual de baixas vibrações mentais e morais, nessa região estão a vagar milhões de espíritos perturbados, ignorantes, viciosos, embusteiros, maliciosos e obsessores, eles procuram viver entre os encarnados para vampirizar os fluidos vitais das pessoas.

    O astral inferior está repletos de espíritos obsessores que precisam se ligar aos encarnados para ter a ilusão de comer , beber, jogar, fumar, usar drogas, satisfazer, enfim, vícios que adquiriram quando em vida física no planeta. E através do corpo fluídico dos encarnados que eles conseguem sugar energias para satisfazer seus anseios.
    Assim, o que foi jogador inveterado fica junto a mesa do jogo. Associado aquele por quem nutre maior simpatia, passa a intuí-lo para que faca os lances que lhe aprazem.
    Fica enraivecido, quando as intuições não são captadas como deseja. Outros espíritos, igualmente viciados no jogo, passam a influenciar os demais jogadores encarnados, e a peleja astral em torno deles segue renhida, estimulada por impropérios e imprecações.
    Os espíritos em estado de perturbação se utilizam da plasticidade da matéria que compõe os campos . aos quais estão associados para engendrar as mais diversas e estranhas formas fluídicas , muitas delas de repelente aspecto.
    Idêntico fenômenos se opera com os espíritos do astral inferior que, quando encarnados, foram alcoólatras e se sente ressequidos e com o desejo incontrolável de tomar bebidas fortes e embriagantes a que se acostumaram . Para satisfazer esse desejo, se apegam aos ébrios do plano físico e de tal forma conseguem sentir,, como se encarnados estivessem, o sabor do álcool e o efeito atuante da bebida ingerida.
    Desse modo se satisfazem e continuam alimentando o vicio. Assim também acontece com os que fumam, os que se drogam ou se entregam a qualquer outro vicio. As pessoas fúteis tem uma inclinação acentuada pelo vicio e, quando não se deixam arrastar pela atração das drogas, entregam-se a do fumo, muitas vezes por parecer-lhe um habito elegante, como assim era considerado no passado. De elegantes desse tipo esta repleto o astral inferior. Há vícios maiores e menores, mas são vícios. Os espíritos viciados do astral inferior estão sempre próximos dos encarnados, a procura daqueles que possuem vícios iguais ao seus.

    Vejamos uma observação importante do Raul Teixeira.

    Nós espíritas pensamos o seguinte: ESPÍRITOS QUE PEDEM CHARUTO, BEBIDAS ALCOÓLICAS, COMIDA, SANGUE DE UM IRMÃO INFERIOR (ANIMAL) OU MESMO HUMANO, QUE PARTICIPAM DE TRABALHOS DE VINGANÇA OU OUTRA MALDADE QUALQUER, PRECISAM DE ESCLARECIMENTO CRISTÃO. ELES AINDA ESTÃO APEGADOS À COISAS MATERIAIS E SENTIMENTOS INFERIORES. Seria incoerente falarmos de Jesus e nos propor fazer maldade seja lá a quem for. Como podemos pedir ajuda a quem precisa de ajuda? Se Espíritos resolvessem problemas, Chico Xavier, que foi muito mais merecedor que muitos de nós, não teria sofrido com doenças e problemas. Já que vivia em contato direto com eles. Então, sigamos o conselho do apóstolo Paulo:”Não creiais em todos os espíritos, mas examinai se eles são de Deus.” (João 4:1). Paulo sabia que todos os Espíritos são de Deus, mas o propósito de alguns não são divino. Por isso, precisamos ter cuidado para não nos confundirmos, não nos aliarmos, não incentivarmos, não nos comprometermos com a lei divina. O Espiritismo é uma doutrina sem sacerdotes, sem dogmas, sem rituais, não adota em suas reuniões e em suas práticas qualquer tipo de paramentos ou vestes especiais (as vestes brancas devem ser as que nos cobrem o espírito e o nosso perispírito); não utilizamos sal grosso, plantas, amuletos, etc. (porque o nosso coração é nosso escudo, quando nele mora o amor); não adotamos cálice com vinho ou bebidas alcoólica (os espíritas não devem alimentar o vício do álcool nem do fumo, porque precisamos estar lúcidos para apreciar a beleza da vida); não utilizamos incenso, mirra, velas (porque são coisas materiais e nós usamos a prece para nos sustentar o espírito); não temos altares, imagens, andores, procissões, pagamento pelos trabalhos espirituais, talismãs, sacrifício animal, santinhos, administração de indulgências, confecção de horóscopos, exercício da cartomancia, quiromancia, astrologia, numerologia, cromoterapia, pagamento de promessas, despachos, riscos de cruzes e pontos, não temos curas espirituais com cortes, orações milagrosas para resolver problemas sentimentais, financeiros, etc.

    Vou realçar essa observação do Raul Teixeira.
    Nós espíritas pensamos o seguinte: ESPÍRITOS QUE PEDEM CHARUTO, BEBIDAS ALCOÓLICAS, COMIDA, SANGUE DE UM IRMÃO INFERIOR (ANIMAL) OU MESMO HUMANO, QUE PARTICIPAM DE TRABALHOS DE VINGANÇA OU OUTRA MALDADE QUALQUER, PRECISAM DE ESCLARECIMENTO CRISTÃO. ELES AINDA ESTÃO APEGADOS À COISAS MATERIAIS E SENTIMENTOS INFERIORES.

    Nessas observações do Raul Teixeira, vemos que somente espíritos materializados apegados as sensações matérias é que pedem essas coisas como, bebida, cigarros, charutos, despachos e sacrifícios de pobres animais.
    Os espíritos de luz não necessitam de coisas matérias.
    Isso é lógico e racional basta estudar o Espiritismo para ver essa Verdade.

    Perguntamos.
    Raul Teixeira esta errado ou certo nessa observação??????
    Qual a sua resposta?????

    Muitas entidades que trabalham nesses lugares estão muito materializadas e condicionadas a vida terrena, querem manter as sensações da matéria, querem beber, fumar e até transar.
    Esses espíritos viciosos encostam o seu perispirito no perispirito do encarnado que esta bebendo, fumando ou transando e passam a sentir as mesmas coisas, é o chamado encosto.

    Perguntamos como vocês umbandistas analisam essa observação do Raul Teixeira????

    5) No livro Missionários da Luz, André Luiz nos traz um exemplo interessante, mostrando a necessidades que os espíritos de baixa vibração têm de vitalidade, ao ponto de extraí-lo do sangue dos animais mortos em um abatedouro:
    “Pelas vibrações ambientes, reconheci que o lugar era dos mais desagradáveis que conhecera, até então, em minha nova fase de esforço espiritual. Seguindo Alexandre de muito perto, via numerosos grupos de entidades francamente inferiores que se alojavam aqui e ali. DIANTE DO LOCAL EM QUE SE PROCESSAVA A MATANÇA DOS BOVINOS, PERCEBI UM QUADRO ESTARRECEDOR. GRANDE NÚMERO DE DESENCARNADOS, EM LASTIMÁVEIS CONDIÇÕES, ATIRAVAM-SE AOS BORBOTÕES DE SANGUE VIVO, COMO SE PROCURASSEM BEBER O LÍQUIDO EM SEDE DEVORADORA…
    Alexandre percebera o assombro doloroso que se apossara de mim e esclareceu-me com serenidade:
    – Está observando, André? Estes infelizes irmãos que nos não podem ver, pela deplorável situação de embrutecimento e inferioridade, ESTÃO SUGANDO AS FORÇAS DO PLASMA SANGUÍNEO DOS ANIMAIS. SÃO FAMINTOS QUE CAUSAM PIEDADE.
    Poucas vezes, em toda a vida, eu experimentara tamanha repugnância. As cenas mais tristes das zonas inferiores que, até ali, pudera observar, não me haviam impressionado com tamanho amargor.
    Desencarnados à procura de alimentos daquela espécie? Matadouro cheio de entidades perversas? Que significava tudo aquilo? Lembrei meus reduzidos estudos de História, remontando-me à época em que as gerações primitivas ofereciam aos supostos deuses o sangue de touros e cabritos. Estaria ali, naquele quadro horripilante, a representação antiga dos sacrifícios em altares de pedra? Deixei que as primeiras impressões me incandescessem o cérebro, a ponto de sentir, como noutro tempo, que minhas idéias vagueavam em turbilhão.
    Alexandre, contudo, solícito como sempre, acercou-se mais carinhosamente de mim e explicou:
    – Porque tamanha sensação de pavor, meu amigo? Saia de si mesmo, quebre a concha da interpretação pessoal e venha para o campo largo da justificação. Não visitamos, nós ambos, na esfera da Crosta, os açougues mais diversos? Lembro-me de que em meu antigo lar terrestre havia sempre grande contentamento familiar pela matança dos porcos. A carcaça de carne e gordura significava abundância da cozinha e conforto do estômago. COM O MESMO DIREITO, ACERCAM-SE OS DESENCARNADOS, TÃO INFERIORES QUANTO JÁ O FOMOS, DOS ANIMAIS MORTOS, CUJO SANGUE FUMEGANTE LHES OFERECE VIGOROSOS ELEMENTOS VITAIS. Sem dúvida, o quadro é lastimável; não nos compete, porém, lavrar as condenações. Cada coisa, cada ser, cada alma, permanece no processo evolutivo que lhe é próprio. E se já passamos pelas estações inferiores, compreendendo como é difícil a melhoria no plano de elevação, devemos guardar a disposição legítima de auxiliar sempre, mobilizando as melhores possibilidades ao nosso alcance, a serviço do próximo.”
    A EXPLICAÇÃO DADA PELO INSTRUTOR QUE ACOMPANHAVA ANDRÉ LUIZ É PROFUNDA, MOSTRANDO O O PORQUÊ DO SACRIFÍCIO DE ANIMAIS EM CERTOS RITUAIS DE QUIMBANDA E CANDOMBLÉ.
    Vou realçar essa observação importante de Andre Luiz.
    DIANTE DO LOCAL EM QUE SE PROCESSAVA A MATANÇA DOS BOVINOS, PERCEBI UM QUADRO ESTARRECEDOR. GRANDE NÚMERO DE DESENCARNADOS, EM LASTIMÁVEIS CONDIÇÕES, ATIRAVAM-SE AOS BORBOTÕES DE SANGUE VIVO, COMO SE PROCURASSEM BEBER O LÍQUIDO EM SEDE DEVORADORA…
    ESTÃO SUGANDO AS FORÇAS DO PLASMA SANGUÍNEO DOS ANIMAIS. SÃO FAMINTOS QUE CAUSAM PIEDADE.
    DESENCARNADOS À PROCURA DE ALIMENTOS DAQUELA ESPÉCIE? MATADOURO CHEIO DE ENTIDADES PERVERSAS

    Nessas explicações na obra de Andre Luiz, vemos que o objetivo dos espíritos desencarnados de baixo padrão vibratório é absorver os fluidos vitais do sangue do animais que são sacrificados nesses centros de candomblé e quimbanda, existe alguns centros de umbanda sem estudo que pratica também esses sacrifícios.
    O objetivo é o Vampirismo psíquico praticado por espíritos inferiores de baixas vibrações mentais e morais, da mesma forma esses espíritos atrasados absorvem os fluidos da nicotina e da bebida dos encarnados que se entregam a esses vícios deprimentes.
    Os espíritos elevados ou espíritos de luz não possuem necessidades matérias e nem apego as coisas matérias, eles estão moralmente depurados dessas coisas.
    Os espíritos de luz estão num padrão vibratório elevado livre das paixões matérias e desejos e vícios terrenos.
    Somente espíritos inferiores de baixas vibrações mentais e morais, podem precisar ou pedir coisas matérias como, cigarros, cachaça, charutos e sacrifícios de pobres animais.

    Perguntamos aos umbandistas como vocês analisam essa observação de Andre Luiz????

    Existem certos Centros de Umbanda que não praticam sacrifícios de animais mais existem outros que PRATICAM.
    Os centros de candomblé, quimbanda, centros de magia praticam COVARDEMENTE sacrifícios de pobres animais, o Sangue dos animais esta repleto de fluidos Vitais e os espíritos inferiores e obsessores sugam tais fluidos, num processo de Vampirismo psíquico.
    Como disse Andre Luiz.
    DIANTE DO LOCAL EM QUE SE PROCESSAVA A MATANÇA DOS BOVINOS, PERCEBI UM QUADRO ESTARRECEDOR. GRANDE NÚMERO DE DESENCARNADOS, EM LASTIMÁVEIS CONDIÇÕES, ATIRAVAM-SE AOS BORBOTÕES DE SANGUE VIVO, COMO SE PROCURASSEM BEBER O LÍQUIDO EM SEDE DEVORADORA…
    ESTÃO SUGANDO AS FORÇAS DO PLASMA SANGUÍNEO DOS ANIMAIS. SÃO FAMINTOS QUE CAUSAM PIEDADE.
    DESENCARNADOS À PROCURA DE ALIMENTOS DAQUELA ESPÉCIE? MATADOURO CHEIO DE ENTIDADES PERVERSAS

    Wilson Moreno na busca da Verdade.

  7. CARLOS MAGNO
    29, julho, 2014 em 21:02 | #7

    Por que, Wilson, ser espírita quando o fanatismo cega olhos e mente?
    Por que seguir ipsis litteris ideias alheias como se fossem amigas inseparáveis de todas as verdades?
    Por que ser absolutamente codificado quando a mente aberta, informada e criativa é a lídima herança do homem livre de preconceitos e do observador isento?
    Por que Wilson, perder tempo com perseguições num forum imaginativo instalado em sua própria mente, onde não há juízes nem defensorias, pois o único acusador é você próprio e a sentença já está elaborada a priori e rreversivelmente?
    Por que não ser um “espírita-espírita” autêntico e não um seguidor robotizado de opiniões de palestrantes e autores que somente repetem, repetem e repetem sempre seus
    próprios pensamentos congelados nas ilações míopes, viciosas que anseiam por reconhecimentos e aplausos?

    Mas receba, por favor, um abraço e um saravá sincero de um pequeno estudante, pesquisador, esotérico, ocultista e umbandista que quanto mais estuda e pratica mais vê o caminho alargar-se num sem fim quase infinito, porém mostrando sempre que a visão precisa permanecer na cultura humana enquanto humano for, e o entendimento real necessita banir de vez à maldita herança cruel e discriminatória que trazemos há milênios em nossas células.

    Ah, essa pegajosa mania que temos do sabe-tudo sem sair do lugar……

  8. wilson
    1, dezembro, 2015 em 14:18 | #8

    A Obsessão não é provação ou karma.

    Uma pessoa que procura se melhorar moralmente e mentalmente cultivando sempre boas idéias, bons pensamentos, bons sentimentos, procura ser forte nos pensamentos e na força de vontade praticando sempre o bem e as virtudes, vai ficar imune aos espiritos obsessores e perturbadores do mundo espiritual.
    São as nossas imperfeições morais que atraem os maus espiritos, ninguém esta predestinado a ser um obsedado, se vc esta sofrendo influencias psíquicas negativas é por que você esta numa faixa vibratória baixa, devido as fraquezas, maus pensamentos, vícios, maus desejos, vontade fraca é isso que vai estabelecer sintonia com os espiritos obsessores.
    Busque se iluminar com as virtudes

    Reaja aos maus pensamentos, as idéias negativas, ao pessimismo, aos maus desejos é isso que permita a aproximação dos maus espíritos.
    ELES SE APROXIMAM PELA SINTONIA MENTAL.
    Nosso destino quem faz somos nós mesmos é por isso que temos Livre arbítrio que é a liberdade de pensar, raciocinar e agir, somos inteiramente livres no campo moral para fazer o bem ou o mal.
    Somos nós que construímos nossa vida, nossa evolução e nosso destino, se uma pessoa fica obsedada isso é o resultado do mau uso do livre arbítrio e não de uma fatalidade ou um karma qualquer.
    A pessoa se deixou enfraquecer na vontade e nos pensamentos, passou a cultivar fraquezas, medos, maus pensamentos, vícios, se irrita com facilidade, fica discutindo sempre por coisas bobas, só anda nervosa com mau humor, dessa forma ela cria um campo vibratório baixo, negativo e denso e entra em sintonia com as falanges de espiritos perturbados e perturbadores do mundo invisível.

    OS MAUS ESPÍRITOS ADORAM PESSOAS QUE SE IRRITAM COM FACILIDADE.
    Cuidado com as irritações e as discussões evite sempre discutir, seja calmo e concentrado, procure cultivar o bom humor, o seu nervosismo, as irritações e as discussões são um forte imã de atração de espíritos obsessores.
    Os maus espíritos adoram criar atritos e confusões entre os encarnados que são invigilantes com seus pensamentos e atitudes.

    As discussões os palavrões o nervosismo vai atrair somente espiritos perturbadores, procure criar em seu lar um ambiente de paz, respeito, com bons pensamentos e bons sentimentos.
    Se afaste de pessoas maldosas, viciadas e maliciosas, elas estão sempre atraindo pela sintonia mental espíritos obsessores.
    O mal tem sintonia com o mal.
    As perturbações têm sintonia com as perturbações.
    Os vícios têm sintonia com os vícios.

    Cuidado com essas entidades que atuam muito nesses centros de magia, terreiros, umbanda e quimbanda, esses espiritos que pedem coisas matérias como velas, despachos, bebidas alcoólicas, cigarros, charutos são espiritos inferiores ainda apegados a matéria, espiritos sem luz e sem esclarecimentos.
    Os espiritos elevados do bem e da luz não pedem coisas matérias.
    Os espiritos elevados não pedem sacrifícios de pobres animais e nem coisas matérias como bebidas, cachaça e fumo.
    Os espiritos inferiores ainda apegados a matéria sentem ainda os desejos e vícios terrenos, eles procuram saciar tais desejos matérias usando os encarnados que são viciados nessas substâncias tóxicas.
    Fica meu alerta.

    Wilson Moreno

  9. wilson
    1, dezembro, 2015 em 14:19 | #9

    OS ESPÍRITOS QUE ESTÃO APEGADOS A MATÉRIA.

    Os espiritos desencarnados que estão apegados a matéria vão pedir coisas matérias como velas, despachos, bebidas alcoólicas, cigarros, charutos e alguns pedem ate sacrifícios de pobres animais.
    São espiritos inferiores ainda apegados a matéria eles querem continuar a sentir as sensações matérias, esses espiritos se apresentam como entidades, guias, santos, mentores, guardiãs da lei etc….
    Mais são espiritos embusteiros e mistificadores, são espiritos sem luz e sem esclarecimentos ainda moralmente atrasados.
    Perguntamos.
    Os espiritos elevados e superiores da LUZ vão pedir despachos, velas e oferendas????
    Os espiritos elevados vão pedir cigarros, charutos e bebidas alcoolicas????
    Os espiritos elevados vão pedir sacrifícios de pobres animais????
    Os espiritos elevados falam palavrões????
    Os espiritos elevados vão mandar uma pessoa bebe e fumar?????
    CLARO QUE NÃO.

    Somente espiritos inferiores e obsessores ainda fortemente apegados a matéria e aos vícios e desejos terrenos é que pedem essas coisas matérias.
    São espiritos que precisam ser doutrinados e se espiritualizarem, eles possuem um perispirito denso, grosseiro e envolvido em fluidos impuros, geralmente seus corpos fluídicos são escuros, deformados, turvos e alguns deles ainda pensam que estão encarnados, eles confundem o perispirito com o corpo carnal.

    Esses espiritos estão aos milhões vagando sem rumo na crosta terrena ainda fortemente apegados a matéria e aos vícios e desejos matérias, existem muitos alcoólatras, tabagistas e drogados desencarnados vagando nessa zona de baixas vibrações mentais e morais.
    Eles ficam procurando algum encarnado que possuem vícios, maus pensamentos ou pensamentos de fraquezas, vontade fraca, maus desejos, maus hábitos, para poderem SE SINTONIZAR com o perispirito dessas pessoas que são invigilantes com seus pensamentos e conduta moral.
    Eles querem usarem essas pessoas como canecos vivos ou piteiras vivas para saciarem seus vícios, esses espiritos viciados vampirizam suas vitimas ate esgotarem a vitalidade delas, esses espiritos obsessores procuram sempre manter os encarnados fracos e viciosos presos a esses vícios degradantes.

    Para a pessoa se defender psiquicamente desses espiritos inferiores e obsessores só existe um caminho se elevar moralmente, cultivar pensamentos elevados e positivos, ter pensamentos fortes e firmes, ter uma força de vontade desenvolvida na pratica do bem e das virtudes, ser uma pessoa correta e honesta, ser otimista , combater os vícios e maus desejos, dessa forma a pessoa consegue elevar seu padrão vibratório e repelir as vibrações pesadas e baixas dos espíritos inferiores e obsessores.
    A proteção espiritual que faz é a própria pessoa pelos seus pensamentos e conduta moral.

    Esses espiritos viciados e ainda materializados se manifestam em terreiros, centros de umbanda, quimbanda e magia pedindo sempre coisas matérias como bebidas alcoólicas, cachaça, vinho, café, comida, cigarros, charutos e alguns pedem ate sacrifícios de animais inocentes.
    Esses espiritos falam palavrões e dão gargalhadas.
    Mais alguns deles podem falar coisas bacanas, bonitas, doces para tentar seduzir as pessoas através de uma linguagem melosa e meiga, são os espiritos mistificadores sedutores.
    Eles são bons na lábia, sabem seduzir com palavras de efeito, sabem emocionar as pessoas falando no Cristo e nas mensagens dos evangelhos, Kardec chamou eles de os falsos profetas da erraticidade.
    Fica meu alerta amigo meu amigo, não acredite passivamente em tudo aquilo que os espiritos falam e pregam em suas comunicações mediúnicas, existem muitos espiritos embusteiros e maliciosos no plano espiritual inferior, eles podem tomar nomes falsos e venerados, usam uma linguagem suave e doce para seduzir, são espertos e sedutores, cuidado nem tudo que brilha é ouro pode ser um pedaço de vidro sujo na lama.

    Eles só querem uma coisa.
    Pessoas que não questionam nada aceitam tudo sem examinar e sem raciocinar.

    A fé tem que ser raciocinada.
    E Kardec sempre alertou, todo ensinamento e mensagens que venha dos espiritos desencarnados devem passar pelo crivo severo da razão e da lógica, qualquer ofensa a razão e a lógica denuncia a presença de espiritos enganadores e atrasados.

    VEJAMOS ESSA ORIENTAÇÃO DE KARDEC

    Submetendo-se todas as comunicações a rigoroso exame, sondando e analisando suas idéias e expressões, como se faz ao julgar uma obra literária e rejeitando sem hesitação tudo o que for contrário à lógica e ao bom senso, tudo o que desmente o caráter do Espírito que se pensa estar manifestando, consegue-se desencorajar os Espíritos mistificadores que acabam por se afastar, desde que se convençam de que não podem nos enganar.
    REPETIMOS QUE ESTE É O ÚNICO MEIO, MAS É INFALÍVEL PORQUE NÃO EXISTE COMUNICAÇÃO MÁ QUE RESISTA A UMA CRÍTICA RIGOROSA.
    OS ESPÍRITOS BONS JAMAIS SE OFENDEM, POIS ELES MESMOS NOS ACONSELHAM A PROCEDER ASSIM E NADA TÊM A TEMER DO EXAME. SOMENTE OS MAUS SE MELINDRAM E PROCURAM DISSUADIR-NOS, PORQUE TÊM TUDO A PERDER. E POR ESSA MESMA ATITUDE PROVAM O QUE SÃO.
    Eis o conselho dado por São Luís a respeito:
    “Por mais legítima confiança que vos inspirem os Espíritos dirigentes de vossos trabalhos, há uma recomendação que nunca seria demais repetir e que deveis ter sempre em mente ao vos entregardes aos estudos: A DE PESAR E ANALISAR, SUBMETENDO AO MAIS RIGOROSO CONTROLE DA RAZÃO TODAS AS COMUNICAÇÕES QUE RECEBERDES; A DE NÃO NEGLIGENCIAR, DESDE QUE ALGO VOS PAREÇA SUSPEITO, DUVIDOSO OU OBSCURO, DE PEDIR AS EXPLICAÇÕES NECESSÁRIAS PARA FORMAR A VOSSA OPINIÃO.”

    Wilson Moreno

  10. Ray Magno
    26, abril, 2016 em 17:02 | #10

    Nossa. Pensei ter dito tudo ao Wilson.

    Este rapaz é muito emérito.

    E uma coisa louve-se e nele se reconheça. É um dos mais autênticos repetidores “ipsis litteris” que há por aí.

    Para que sair do bê-á-bá, não é mesmo?

  11. Hudson Calasans
    24, janeiro, 2017 em 09:07 | #11

    Quanta porcaria vomitada aqui. Se negros soubessem o quão racista e preconceituosa é a seita espírita, nenhum faria parte dessa pseudoreligião. Além do fato de que se trata de uma crença, como todas as outras, que tem dificuldade em lidar com a morte, inventando pós-vidas que simplesmente não existem.

  1. Nenhum trackback ainda.