Arquivo

Textos com Etiquetas ‘espiritismo’

Assistência dos espíritos nas dificuldades da vida.

20, julho, 2014 Sem comentários

reunião-espiritaConfusões entre o meio e o fim acarretam decepções doutrinárias – O que importa no Espiritismo é o Reino de Deus e a sua Justiça.

Um dos fatores mais frequentes de decepções, na prática espírita, é o utilitarismo dos praticantes. Há pessoas que só compreendem as coisas do ponto de vista da utilidade imediata. Essas pessoas não se dirigem ao Espiritismo na procura de uma visão mais ampla da vida, de melhor compreensão, de maior equilíbrio psíquico.

Desejam, pelo contrário, obter benefícios imediatos: cura, solução de problemas financeiros ou amorosos, arranjo da vida. Pretendem fazer do Espiritismo um meio de conquista de vantagens pessoais. Os resultados dessa atitude só podem ser negativos.

Não é missão do Espiritismo “arranjar a vida” de quem quer que seja. Os Espíritos superiores não estão a serviço dos pequeninos e passageiros interesses humanos. Dessa maneira, a pessoa que deseja benefícios acaba perdendo a assistência dos Espíritos superiores e sofrendo o assédio dos inferiores. Estes, sim, estão sempre prontos a atender a todos os pedidos, mesmo os mais injustos. E, se às vezes fazem alguns benefícios imediatos, não raro cobram muito caro o que fizeram, causando, mais tarde, amargas decepções.

Leia mais…

O QUE É E O QUE NÃO É ESPIRITISMO?

7, maio, 2012 1 comentário
 
Existe uma confusão muito grande a respeito do que é ou não é Doutrina Espírita ou Espiritismo. Isto porque há pessoas que não sabem que as palavras “espírita” e “espiritismo” foram criadas em 1857, na França, pelo codificador da Doutrina Espírita, Allan Kardec. Somente deveriam utilizar-se destes termos os locais religiosos ou pessoas que seguissem os postulados desta doutrina.Assim, cultos e religiões que de alguma forma têm em suas práticas a comunicação de Espíritos e a crença na reencarnação é confundida erroneamente com o Espiritismo.

DO PRINCÍPIO DA NÃO-RETROGRADAÇÃO

26, abril, 2012 Sem comentários

Tendo sido levantadas, várias vezes, questões sobre o princípio da não-retrogradação dos Espíritos, princípio diversamente interpretado, iremos tentar resolvê-las. O Espiritismo quer ser claro para todo o mundo, e não deixar aos seus futuros filhos nenhum assunto de querelas de palavras, por isso todos os pontos suscetíveis de interpretação serão sucessivamente elucidados.
Leia mais…

FALTA DE FORMAÇÃO DOUTRINÁRIA.

26, abril, 2012 Sem comentários

Sem a formação doutrinária, não teremos um movimento espírita coeso e coerente. E, sem coesão e coerência, não teremos Espiritismo. Essa a razão por que os Espíritos Superiores confiaram às mãos de Kardec o pesado trabalho da Codificação. Kardec teve de arcar, sozinho, com a execução dessa obra gigantesca. Porque só ele estava em condições de realizá-la. Depois de Kardec, o que vimos? Léon Denis foi o único dos seus discípulos que conseguiu manter-se à altura do mestre, contribuindo vigorosamente para a consolidação da Doutrina. Era, aparentemente, o menos indicado. Não tinha a formação cultural de Kardec, residia na província, não convivera com ele, mas soubera compreender a posição metodológica do Espiritismo e não a confundia com os desvarios espiritualistas da época.
Leia mais…

FALA-SE MUITO EM ESPIRITISMO, MAS QUASE NADA SE SABE A SEU RESPEITO.

26, abril, 2012 Sem comentários

 Kardec afirma, na introdução de “O Livro dos Espíritos”, que a força do Espiritismo não está nos fenômenos, como geralmente se pensa, mas na sua “filosofia”, o que vale dizer na sua mundividência, na sua concepção da realidade. Mas de onde vem essa concepção? Como foi elaborada?

Os adversários do Espiritismo desconhecem tudo a respeito e fazem tremenda confusão. Os próprios Espíritas, por sua vez, na sua esmagadora maioria estão na mesma situação. Por quê? É fácil explicar. Os adversários partem do preconceito e agem por precipitação. Os espíritas, em geral, fazem o mesmo: formulam uma idéia pessoal da Doutrina, um estereótipo mental a que se apegaram. A maioria, dos dois lados, se esquece desta coisa importante: o Espiritismo é uma doutrina que existe nos livros e precisa ser estudada.
Leia mais…

Os espíritas não sabem o que é o Centro Espírita.

5, abril, 2012 1 comentário

“Se os espíritas soubessem o que é o Centro Espírita, quais são realmente a sua função e a sua significação, o Espiritismo seria hoje o mais importante movimento cultural da Terra. Temos no Brasil – e isso é um consenso universal – o maior, mais ativo e produtivo movimento espírita do planeta. A expansão do Espiritismo em nossa terra é incessante e prossegue em ritimo acelerado. Mas o que fazemos, em todo este vasto continente espírita, é um esforço imenso de igrejificar o Espiritismo, de emparelha-lo com as religiões decadentes e ultrapassadas, formando por toda parte núcleos místicos, desligados da realidade imediata”.

Leia mais…

UMBRAL E NOSSO LAR – UMA REALIDADE NÃO EXISTENTE EM FACE DE DOUTRINA DOS ESPÍRITOS.

1, abril, 2012 23 comentários

umbral fote

Desde a publicação do livro Nosso Lar pelo espírito André Luiz, psicografado pelo médium Chico Xavier, que o inferno católico transvestiu-se em ‘umbral’, alimentado pelo imaginário dos ‘espíritas’ ainda arraigados à dogmática católica. Por outro lado, a “cidade espiritual” denominada de “Nosso Lar“, tornou-se o céu, cujo destino é almejado por todos aqueles que sonham com a felicidade quando do retorno ao plano espiritual.

Leia mais…

DEFINITIVAMENTE, O ESPIRITISMO EXPLICA TODOS OS EVENTOS ÓVNIS

7, fevereiro, 2012 36 comentários

Pode parecer pretensão o título acima, porém, vamos dirimir, começando com o histórico da minha vivência nestes dois assuntos, Espiritismo e Ufologia. Na década de setenta tive o primeiro contato com o Livro “Eram os Deuses Astronautas?” do Escritor e Pesquisador Suíço Erich Von Däniken. Nesta época estávamos em plena guerra fria entre os EUA e a União Soviética, onde os dois lados não davam informações sobre Óvnis. Pelo fato de entenderem que poderiam ser máquinas de guerra de um lado ou do outro. E assim, ficamos com a impressão que havia negação de informação e em consequência, uma enxurrada de teorias de conspirações invadiu as mídias principalmente através dos livros.

Nas décadas seguintes não mudou muito e as revistas Ufos. fizeram sucesso, além da revista Planeta e alguns autores de assuntos correlacionados como J.j. Benitez, C.r.p. Wells, Jacques Bergier, etc. hoje têm muitos pesquisadores que tratam os mesmos assuntos com outra visão, graças ao desenvolvimento da tecnologia e as últimas descobertas da astrofísica, biologia, antropologia, arqueologia e outras disciplinas que acrescentam informações para corroborar as ideias sobre ufologia.

No inicio dos anos noventa, comecei  estudar o Espiritismo de forma sistemática, depois de ler diversos autores, procurei na fonte, que é Allan Kardec e sua obra fundamental, formada por vinte e um livros e assim, passei a estudar o Espiritismo em conjunto com a Ufologia e pude depois de várias décadas,  chegar a alguma conclusão que a cada dia que passa se torna mais clara, devido às pesquisas que são feita em todo o planeta na tentativa de explicar o fenômeno UFO.

Leia mais…